Download details

ANÁLISE AMBIENTAL DA APM-MANSO E PROPOSTAS PARA UMA OPERAÇÃO ECOLÓGICA  ANÁLISE AMBIENTAL DA APM-MANSO E PROPOSTAS PARA UMA OPERAÇÃO ECOLÓGICA HOT

RUBEM MAURO PALMA DE MOURA
Orientador PETER ZEILHOFER
Ano de Defesa 2006

O presente trabalho tem por objetivo, propor uma operação da APM Manso, que minimizem os efeitos, provocados pela alteração do regime hídrico do rio Cuiabá. A barragem de Manso, construída para ser de múltiplo uso, e por isso denominada APM Manso (Aproveitamento Múltiplo de Manso), causou uma série de impactos ao sistema pantaneiro de influência do alto e médio Cuiabá, provocando danos ambientais inerentes á esse tipo de obra, tais como: interrupção do fluxo migratório dos peixes; alteração da qualidade das águas em função da decantação e eutrofização no lago formado; inundação extemporânea de áreas historicamente secas em época de estiagem e diminuição da vazão na estação das chuvas, provocando níveis e períodos de inundação menores, mudando o regime hídrico do rio, com reflexos negativos para o processo reprodutivo dos peixes. Estudando a série histórica de 50 anos de vazões mensais na estação Cuiabá Porto (66260001), constatou-se a alteração dessas vazões, tanto em época de estiagem, como nos meses de novembro e dezembro, vazões estas de importância fundamental para o equilíbrio ecológico do sistema. Esta proposta visa minimizar esses efeitos e quem sabe, auferir ganhos na reprodução dos peixes. Trata-se na verdade de adequar a vazão turbinada, produzindo energia na média do período de operação, 2002 a 2005, dispondo para o sistema vazões mínimas possíveis em época de estiagem e incrementando-as nos meses de novembro e dezembro, afim de que inundem a planície pantaneira, assegurando assim o maior aproveitamento da desova dos peixes, “que ocorrem preferencialmente nesses meses”, quando inclusive é decretado o período de defeso. Nesse estudo também foi possível encontrar o Q7,10 do Rio Cuiabá em Cuiabá, “um método de calculo de vazão mínima”, assim como a vazão a partir da qual começa a inundação da planície pantaneira e a vazão de inundação na região de Barão de Melgaço. 

Information
Autor RUBEM MAURO PALMA DE MOURA
Orientador
Ano de Defesa 2006
Size 5.22 MB
Rating
(0 votes)
Created by Michely
Changed by Verônica
Downloads 563
License
Price

Defesas

Não há eventos programados!