Download details

ACESSIBILIDADE URBANA EM CUIABÁ PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS FÍSICAS – PCDF’S: UMA ROTA PARA INCLUSÃO ACESSIBILIDADE URBANA EM CUIABÁ PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS FÍSICAS – PCDF’S: UMA ROTA PARA INCLUSÃO

ADRIANA MARIA RODRIGUES
Orientador
Ano de Defesa

Recentemente as discussões que permeiam o assunto abordado nesta dissertação,
intitulada como: “ACESSIBILIDADE URBANA EM CUIABÁ PARA PESSOAS COM
DEFICIÊNCIAS FÍSICAS – PCDF’S: UMA ROTA PARA INCLUSÃO”, onde o objetivo
geral foi analisar a acessibilidade urbana no centro antigo da cidade de Cuiabá,
contatar as pessoas com deficiências físicas para a inclusão social e apontar as
novas possibilidades em atividades cotidianas e de lazer da própria cidade, que
ainda são incipientes e inéditas no Programa de Pós-Graduação em Geografia da
Universidade Federal de Mato Grosso. Para o alcance do objetivo geral, os objetivos
específicos foram mostrar como as condições de acessibilidade interferem em locais
do centro antigo da cidade, como também em outros pontos utilizados para
atividades cotidianas e de lazer. Necessário se fez, também, identificar as
dificuldades encontradas pelas pessoas com deficiências físicas à acessibilidade em
locais públicos e privados; e demonstrar as reais possibilidades de mudanças
nesses locais, sem nenhum ou de difícil acesso, considerando pontos de relevância
existentes na cidade de Cuiabá. O recorte temporal foi estabelecido a partir do
pressuposto de que o tema acessibilidade começou a ser discutido efetivamente
após a sanção do Decreto Lei nº 5.296, de 2004, onde obriga que todo local seja
acessível. A escala local, onde a área de estudo se localiza, é no centro antigo da
cidade de Cuiabá e outros pontos relevantes à pesquisa. Foi estruturada em 4
capítulos, além da Introdução, Considerações Finais e Referências Bibliográficas. A
metodologia foi dividida em duas partes: o primeiro momento está baseado nas
pesquisas bibliográficas e, no segundo momento, a pesquisa de campo, onde se
delineou os resultados finais através das entrevistas, registros fotográficos, mapas
construídos, as reais transformações em alguns locais e a quase inexistência em
outros, em relação à acessibilidade, mobilidade urbana nos locais públicos e
privados, que demonstram as dificuldades das pessoas com deficiências físicas em
se deslocar na cidade de Cuiabá. Nas considerações finais sugere-se um olhar mais
crítico com a participação dos munícipes nas etapas de qualquer que sejam os
projetos desenvolvidos que atinjam, direta ou indiretamente, as pessoas com
deficiências ou com mobilidade reduzida, na construção da cidade de Cuiabá.

Information
Autor
Orientador
Ano de Defesa
Size 27.54 MB
Rating
(0 votes)
Created by Michely
Changed by Michely
Downloads 42
License
Price

Defesas

Não há eventos programados!