PET GEOGRAFIA UFMT
previous arrow
next arrow
Slider

Notícias

 

O PET Geografia participou nas duas primeiras edições da Jornada Universitária em Defesa da Reforma Agrária (JURA) realizadas em 2018 e 2019 na UFMT. “A Jornada Universitária em defesa da Reforma Agrária (JURA) é um evento que tem como propósito colocar em discussão o projeto de Reforma Agrária e os temas que a circundam” (https://juramatogrosso.wixsite.com/jura2019/apresentacao2).

Em 2018, participamos com a realização da mesa redonda “Territórios e resistências no campo” promovendo um debate acerca dos resultados de dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Geografia que apresentaram as relações que ocorrem nos territórios camponeses como espaços de resistência ou dominação. Participaram dessa mesa: Msc. Déhbora Alves da Costa, Msc. Patrícia Wolff Sampaio, Msc. Zenildo do Prado, Msc.  Dayane Pricila Alves Godoi e Msc. Clóvis Vaillant, também membro da Coordenação do Fórum Brasileiro de Economia Solidária.

O tema “Relatório Dataluta, a questão agrária e os movimentos” foi discutido na JURA de 2019, com uma mesa de debates organizada pelo PET Geografia e o Grupo de Pesquisas em Geografia Agrária e Conservação da Biodiversidade (GECA). O objetivo foi discutir temas expostos no Relatório Dataluta como os índices de ocupações, assentamentos rurais, estrutura fundiária, movimentos sócio territoriais e manifestações do campo, além dos conflitos e meio ambiente, os camponeses e os trabalhadores rurais, a terra na sociedade moderna capitalista e a Reforma Agrária. Participaram como debatedores: os professores do Departamento de Geografia  Diogo Marcelo Delben Ferreira de Lima, Camila Salles e o Sr. Nilton José de Macedo, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Mato Grosso (Fetagri - MT).

 

Fonte: PET

 

 

 

 

 

 

Subcategorias

Página 1 de 8